O que é Certificado SSL?

Certificado Digital SSL   06 / julho / 2017


Neste artigo, vou esclarecer alguns pontos relacionados ao Certificado Digital SSL e seu funcionamento com o objetivo de ajudá-lo a manter uma conexão segura, tanto para o cliente quanto para a equipe que é responsável pelo gerenciamento da certificação.

Antes de tudo, você precisa entender como os sites detectados perigosos pelo navegador se dividem:

– Sites que atacam intencionalmente os usuários com malware, phishing ou software indesejado.
– Sites que atacam os usuários involuntariamente porque foram comprometidos por terceiros.

Alguns dados importantes:

– Cerca de 9.500 novos sites maliciosos são encontrados todos os dias;
– Aproximadamente 12 a 14 milhões de consultas do Google Search por dia alertam os usuários sobre ameaças de Malware;
– Mais informações em Google Safe Browsing.

Agora antes de aprofundar no artigo entenda o que é Certificado Digital SSL?

O SSL (Secure Sockets Layer) é um padrão global em tecnologia de segurança desenvolvido pela Netscape em 1994. Ele permite que aplicativos cliente/servidor possam trocar informações em total segurança, protegendo a integridade e a veracidade do conteúdo que trafega na Internet, criando um canal criptografado entre um servidor web e um navegador (browser) para garantir que todos os dados transmitidos sejam sigilosos e seguros.

O certificado SSL é composto por chaves que permitem diversos tipos de criptografia. Estas criptografias diferentes são configuradas para que você possa ter um certificado em diferentes plataformas, como Linux e Windows e não precisar emitir um certificado para cada plataforma.

Normalmente, um certificado SSL contém nome de domínio, o nome da empresa, endereço, cidade, estado, país, junto com a data de expiração do Certificado e os detalhes da Autoridade de Certificação.

Como funciona SSL?

O SSL usa um sistema de criptografia que utiliza duas chaves para criptografar os dados, uma chave pública conhecida por todos e uma chave privada conhecida apenas pelo destinatário. O SSL é a única e eficaz maneira de obter segurança de dados em comércio eletrônico. Quando um SSL – Certificado Digital está instalado no website, um ícone de um cadeado aparece no navegador e o endereço começa com https:// ao invés de http:// informando que os dados serão criptografados.

Por que um certificado SSL é necessário?

Com a crescente popularidade da internet, mais oportunidades são criadas para os setores comerciais e não-comerciais. A maioria das pessoas não enviarão seus dados confidenciais pela web a menos que saibam que as informações estarão seguras. A melhor maneira de garantir essa segurança e atrair mais consumidores é instalar um certificado SSL para comprovar a identidade do seu site.

Benefícios de se ter um certificado SSL

Utilizar o Certificado SSL no seu site garante inúmeros benefícios, além da segurança, atributo que faz toda diferença ao trafegar seus dados em sites ou e-commerces.

Proteger os dados e informações financeiras dos clientes é sempre uma preocupação fundamental. Criado com o objetivo de garantir esta segurança, o certificado SSL permite que os dados trocados entre um navegador de internet e um servidor web sejam criptografados.

Codificando os dados que trafegam na web, a tecnologia permite maior privacidade e segurança, reduzindo os riscos de que as informações sejam interceptadas e utilizadas de forma abusiva por terceiros. A tecnologia é recomendada principalmente para sites de e-commerce e outros sites que lidam com dados pessoais dos clientes.

Utilizar o Certificado SSL no seu site garante inúmeros benefícios Click To Tweet

É crescente o número de pessoas que se sentem mais confortáveis para partilhar informações pessoais e de pagamento quando sabem que estão utilizando uma conexão SSL. Em função desta percepção, além de utilizarem o certificado com o objetivo de manter a confidencialidade dos dados, cresce o número de empresas que veem o certificado como um diferencial estratégico – já que ele garante que a empresa foi verificada por uma organização legítima, e que está realmente preocupada com a segurança das informações trocadas na web.

Qual é a diferença entre o certificado compartilhado e o certificado próprio?

O Certificado compartilhado é de responsabilidade do seu servidor de hospedagem. Ele é fornecido aos clientes através de sua estrutura de domínio e utiliza uma criptografia de alto nível.

O Certificado Privado é de Responsabilidade do Proprietário, não sofrendo alterações por parte do servidor, então é de responsabilidade do cliente fazer qualquer tipo de ajustes no certificado, além de fazer a renovação do mesmo. Nesse caso, o servidor apenas faz o tramite de compra e ativação e aviso de renovação caso o certificado tenha sido emitido pelo servidor.

Certificado SSL no Ranking em SEO

O Google ajustou seus algoritmos para sites que utilizam HTTPS sejam melhores posicionados nos resultados das pesquisas. O Google passará a considerar a utilização de SSL como um fator, posicionando melhor os sites que utilizam o Certificado Digital SSL, ou seja, sites com HTTPS ativado.

Já fazia algum tempo que existiam rumores sobre o tema entre webmasters, e ele acabou sendo confirmado pela própria empresa, que no dia 6 de Agosto publicou no seu blog sobre Segurança Online o post “HTTPS as a ranking signal” (“HTTPS como um fator de rankeamento”, em tradução livre).

Em dezembro de 2015, foi anunciado a indexação HTTPS por padrão no Google em um artigo no blog oficial do Google.

Boas práticas para ter um site seguro

Aqui vão algumas dicas para ter um site seguro:

– Decida o tipo de certificado que você precisa;
– Use certificados de chave de 2048 bits;
– Veja como emitir Certificado SSL na Site Blindado;
– Permitir a indexação de suas páginas pelos motores de busca, sempre que possível;

O HTTPS protege meu site?

Lembrando que com o Certificado SSL seu site não está protegido, pois o HTTPS é apenas um protocolo de transferência de informações seguras.

Porém seu site ainda pode estar vulnerável aos seguintes itens:

– Ataques de downgrade;
– Vulnerabilidades SSL / TLS;
– Heatbleed;
– Hacks de site, servidor ou rede;
– Vulnerabilidades de software;
– Ataques de força bruta;
– Ataques DDOS;

Como saber se um site tem um certificado SSL?

O padrão que vem sendo utilizado nos navegadores é o ícone do cadeado.

Um site comum sem segurança SSL exibe “http:// ” antes do seu endereço na barra de endereço do navegador. A sigla significa “Hypertext Transfer Protocol,” e é a forma convencional de transmitir informações pela Internet.

Browsers HTTP
Barra de endereço sem Certificado SSL

Um site protegido com um certificado SSL, porém, exibe “https://” (que significa “Secure HTTP”) antes do endereço. Um símbolo de cadeado também é exibido na parte superior ou inferior do navegador (dependendo do navegador usado).

Browsers HTTPS
Barra de endereço com Certificado SSL

Para ver os detalhes e as permissões do site, clique no ícone. Na parte superior do painel, você verá um resumo de quanto o Browser acredita que a conexão é segura.

Outra ferramenta do Google para receber uma análise é o Status da Navegação Segura que também avalia a segurança do seu site. Acesse e digite seu site no campo para receber a análise.

Outra ferramenta para analisar o status do certificado SSL é o SSL Labs.

Conclusão

Bom, agora é hora de agir. Se o site ainda não possui HTTPS é hora de corrigir isso e fazer com que todo o trabalho de SEO não seja limitado por conta da não utilização do SSL.

Conquiste a confiança dos seus visitantes, aceite pagamentos online e proteja informações confidenciais transmitindo seus dados através de uma conexão segura, autenticada e criptografada.
Clique aqui para acessar o site da Site Blindado e adquirir o certificado para seu site, a equipe te dará total suporte para implementação do certificado em seu site ou e-commerce.

O que é Certificado SSL?

Certificado Digital SSL


Neste artigo, vou esclarecer alguns pontos relacionados ao Certificado Digital SSL e seu funcionamento com o objetivo de ajudá-lo a manter uma conexão segura, tanto para o cliente quanto para a equipe que é responsável pelo gerenciamento da certificação.

Antes de tudo, você precisa entender como os sites detectados perigosos pelo navegador se dividem:

– Sites que atacam intencionalmente os usuários com malware, phishing ou software indesejado.
– Sites que atacam os usuários involuntariamente porque foram comprometidos por terceiros.

Alguns dados importantes:

– Cerca de 9.500 novos sites maliciosos são encontrados todos os dias;
– Aproximadamente 12 a 14 milhões de consultas do Google Search por dia alertam os usuários sobre ameaças de Malware;
– Mais informações em Google Safe Browsing.

Agora antes de aprofundar no artigo entenda o que é Certificado Digital SSL?

O SSL (Secure Sockets Layer) é um padrão global em tecnologia de segurança desenvolvido pela Netscape em 1994. Ele permite que aplicativos cliente/servidor possam trocar informações em total segurança, protegendo a integridade e a veracidade do conteúdo que trafega na Internet, criando um canal criptografado entre um servidor web e um navegador (browser) para garantir que todos os dados transmitidos sejam sigilosos e seguros.

O certificado SSL é composto por chaves que permitem diversos tipos de criptografia. Estas criptografias diferentes são configuradas para que você possa ter um certificado em diferentes plataformas, como Linux e Windows e não precisar emitir um certificado para cada plataforma.

Normalmente, um certificado SSL contém nome de domínio, o nome da empresa, endereço, cidade, estado, país, junto com a data de expiração do Certificado e os detalhes da Autoridade de Certificação.

Como funciona SSL?

O SSL usa um sistema de criptografia que utiliza duas chaves para criptografar os dados, uma chave pública conhecida por todos e uma chave privada conhecida apenas pelo destinatário. O SSL é a única e eficaz maneira de obter segurança de dados em comércio eletrônico. Quando um SSL – Certificado Digital está instalado no website, um ícone de um cadeado aparece no navegador e o endereço começa com https:// ao invés de http:// informando que os dados serão criptografados.

Por que um certificado SSL é necessário?

Com a crescente popularidade da internet, mais oportunidades são criadas para os setores comerciais e não-comerciais. A maioria das pessoas não enviarão seus dados confidenciais pela web a menos que saibam que as informações estarão seguras. A melhor maneira de garantir essa segurança e atrair mais consumidores é instalar um certificado SSL para comprovar a identidade do seu site.

Benefícios de se ter um certificado SSL

Utilizar o Certificado SSL no seu site garante inúmeros benefícios, além da segurança, atributo que faz toda diferença ao trafegar seus dados em sites ou e-commerces.

Proteger os dados e informações financeiras dos clientes é sempre uma preocupação fundamental. Criado com o objetivo de garantir esta segurança, o certificado SSL permite que os dados trocados entre um navegador de internet e um servidor web sejam criptografados.

Codificando os dados que trafegam na web, a tecnologia permite maior privacidade e segurança, reduzindo os riscos de que as informações sejam interceptadas e utilizadas de forma abusiva por terceiros. A tecnologia é recomendada principalmente para sites de e-commerce e outros sites que lidam com dados pessoais dos clientes.

Utilizar o Certificado SSL no seu site garante inúmeros benefícios Click To Tweet

É crescente o número de pessoas que se sentem mais confortáveis para partilhar informações pessoais e de pagamento quando sabem que estão utilizando uma conexão SSL. Em função desta percepção, além de utilizarem o certificado com o objetivo de manter a confidencialidade dos dados, cresce o número de empresas que veem o certificado como um diferencial estratégico – já que ele garante que a empresa foi verificada por uma organização legítima, e que está realmente preocupada com a segurança das informações trocadas na web.

Qual é a diferença entre o certificado compartilhado e o certificado próprio?

O Certificado compartilhado é de responsabilidade do seu servidor de hospedagem. Ele é fornecido aos clientes através de sua estrutura de domínio e utiliza uma criptografia de alto nível.

O Certificado Privado é de Responsabilidade do Proprietário, não sofrendo alterações por parte do servidor, então é de responsabilidade do cliente fazer qualquer tipo de ajustes no certificado, além de fazer a renovação do mesmo. Nesse caso, o servidor apenas faz o tramite de compra e ativação e aviso de renovação caso o certificado tenha sido emitido pelo servidor.

Certificado SSL no Ranking em SEO

O Google ajustou seus algoritmos para sites que utilizam HTTPS sejam melhores posicionados nos resultados das pesquisas. O Google passará a considerar a utilização de SSL como um fator, posicionando melhor os sites que utilizam o Certificado Digital SSL, ou seja, sites com HTTPS ativado.

Já fazia algum tempo que existiam rumores sobre o tema entre webmasters, e ele acabou sendo confirmado pela própria empresa, que no dia 6 de Agosto publicou no seu blog sobre Segurança Online o post “HTTPS as a ranking signal” (“HTTPS como um fator de rankeamento”, em tradução livre).

Em dezembro de 2015, foi anunciado a indexação HTTPS por padrão no Google em um artigo no blog oficial do Google.

Boas práticas para ter um site seguro

Aqui vão algumas dicas para ter um site seguro:

– Decida o tipo de certificado que você precisa;
– Use certificados de chave de 2048 bits;
– Veja como emitir Certificado SSL na Site Blindado;
– Permitir a indexação de suas páginas pelos motores de busca, sempre que possível;

O HTTPS protege meu site?

Lembrando que com o Certificado SSL seu site não está protegido, pois o HTTPS é apenas um protocolo de transferência de informações seguras.

Porém seu site ainda pode estar vulnerável aos seguintes itens:

– Ataques de downgrade;
– Vulnerabilidades SSL / TLS;
– Heatbleed;
– Hacks de site, servidor ou rede;
– Vulnerabilidades de software;
– Ataques de força bruta;
– Ataques DDOS;

Como saber se um site tem um certificado SSL?

O padrão que vem sendo utilizado nos navegadores é o ícone do cadeado.

Um site comum sem segurança SSL exibe “http:// ” antes do seu endereço na barra de endereço do navegador. A sigla significa “Hypertext Transfer Protocol,” e é a forma convencional de transmitir informações pela Internet.

Browsers HTTP
Barra de endereço sem Certificado SSL

Um site protegido com um certificado SSL, porém, exibe “https://” (que significa “Secure HTTP”) antes do endereço. Um símbolo de cadeado também é exibido na parte superior ou inferior do navegador (dependendo do navegador usado).

Browsers HTTPS
Barra de endereço com Certificado SSL

Para ver os detalhes e as permissões do site, clique no ícone. Na parte superior do painel, você verá um resumo de quanto o Browser acredita que a conexão é segura.

Outra ferramenta do Google para receber uma análise é o Status da Navegação Segura que também avalia a segurança do seu site. Acesse e digite seu site no campo para receber a análise.

Outra ferramenta para analisar o status do certificado SSL é o SSL Labs.

Conclusão

Bom, agora é hora de agir. Se o site ainda não possui HTTPS é hora de corrigir isso e fazer com que todo o trabalho de SEO não seja limitado por conta da não utilização do SSL.

Conquiste a confiança dos seus visitantes, aceite pagamentos online e proteja informações confidenciais transmitindo seus dados através de uma conexão segura, autenticada e criptografada.
Clique aqui para acessar o site da Site Blindado e adquirir o certificado para seu site, a equipe te dará total suporte para implementação do certificado em seu site ou e-commerce.

Obrigado pelo seu tempo!

Se você gostou e achou esse conteúdo útil para você, compartilhe-o para que outras pessoas tenham acesso.

TAGS: Certificado Digital, cPanel, E-commerce, Google, Navegador, Performance, Segurança, SEO, Servidor, Site, SSL

Author

José Roberto

Desenvolvedor Full Stack há mais de 16 anos e mais de 400 projetos desenvolvidos, apreciador de coisas simples(Churrasco, Futebol, Família), um apaixonado pelo seu trabalho e especialista na plataforma WordPress.